sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Piauiense cria aplicativo de mensagens instantâneas

Roosevel Delano e Rosiane Amorim são autores do aplicativo que poderá fazer sucesso nas redes sociais O especial Viva Piauí, exibido pela TV Cidade Verde neste 19 de Outubro, destacou o protagonismo de jovens piauienses que conseguiram, independente de qualquer dificuldade, se superar e alcançar metas. Na área da tecnologia o programa conta trajetória de Roosevel Delano e Rosiane Amorim.

Rosiane Amorim, formada no curso de Tecnologia em Alimentos pelo Instituto Federal do Piauí, é uma das criadoras da empresa de tecnologia Tricky Inc, criada em parceira com o indiano Naresh Kumar e o estadunidense Cameron Watson.
O primeiro produto da empresa é o aplicativo Trickychat. O app permite o envio de mensagens instantâneas anônimas e foi desenvolvido por Rosiane quando a jovem era bolsista do programa Ciências Sem Fronteiras, nos Estados Unidos.
O Trickychat é um aplicativo de mensagens instantâneas anônimas. Os usuários podem postar qualquer coisa anonimamente a todos os utilizadores. Rosiane explica que o aplicativo está disponível desde essa quarta-feira (18) para download nos sistemas IOS e Android e o receptor da mensagem tem que identificar o remetente, caso contrário a conversa será encerrada.
Filha de lavradores, Rosiane pertence a uma família humilde e diz que foi através do programa Ciência Sem Fronteiras que teve a oportunidade de desenvolver seu trabalho. Ela conta, ainda, que o apoio familiar foi indispensável para que sua meta profissional fosse atingida.
“Morei nos Estados Unidos por dois anos e, através do Ciência Sem Fronteiras, tive contatos com pessoas que tinham grandes sonhos e planos. A gente se juntou a essas pessoas e trabalhamos muito porque nada vem fácil. Lá conheci grandes parceiros. A gente começou a trabalhar em outros projetos e surgiu a oportunidade de abrir essa empresa a empresa de tecnologia. O aplicativo foi lançado ontem já está disponível para download”, conta Rosiane.
Dentro do aplicativo existem opções de chat, jogos e interatividade de forma divertida.
Piauiense é autor de uma das melhores teses de doutorado do Brasil
O piauiense Roosevel Delano também participou do especial Viva Piauí e contou como se tornou o autor de uma das três melhores teses de doutorado do Brasil na área de Biotecnologia. O jovem recebeu o prêmio Capes aos 27 anos com a tese “Biopolímeros derivados da celulose para aplicação na adsorção/dessorção fármaco amitriptilina em meio aquoso”.
Foi a primeira vez que uma tese feita no Piauí recebeu este reconhecimento nacional. Natural da cidade de Oeiras, Roosevel lembra que o amor pela Química foi despertado quando ele cursava o ensino médio em uma escola do município. Um professou apostou no potencial do aluno.
“A paixão pela química nasceu no ensino médio. Tinha um professor que me incentivou bastante”, relembra o doutor em Biotecnologia.
Roosevel destaca que para atingir o sucesso na carreira acadêmica e profissional não basta a pessoa ter apenas talento e inteligência. É preciso ter dedicação.
“Por mais que tenhamos talento ou inteligência o segredo é ter dedicação, muito esforço. Isso é essencial para a vida. A família também é a base de tudo. Sem a família não conseguíamos lograr nenhum degrau. Minha vó, minha irmã e minha mãe me ajudaram bastante”, destaca.
Da redação com Cidade Verde:


quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Rota faz 47 anos

Para homenagear a corporação estamos colocando um filme especial para que nossos leitores possam conhecer alguns fatos sobre as Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar

EXCLUSIVO - Rajadas de vento atingem a cidade de Panorama

Em vídeos enviados exclusivamente para nosso blog, moradora mostra o vento que está atingindo a cidade de Panorama às 17:30 desta quinta (19)

video


video


Estudante assiste aula pelado e professor Juliano leva na “brincadeira”


Durante uma aula de arte contemporânea na Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG), um estudante foi fotografado completamente nu dentro da sala. Na imagem, que logo se espalhou pelas redes socais, o jovem está sentado, apenas com um chapéu e um par de sandálias.
Em entrevista para o site G1, o professor Juliano Ribeiro Moraes, que estava lecionando a aula, não deu tanta importância e levou o caso na “brincadeira”. Juliano ainda conta que a ação começou após uma discussão sobre o artista pop Peter Thomas, que ficou conhecido por ser o autor do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles.
O caso aconteceu na manhã de quarta-feira (13). E segundo o professor, o aluno ficou cerca de 20 minutos nu na sala, mas os outros colegas não deram importância para ele, foi quando o jovem saiu e voltou já vestido com uma camiseta e uma saia, mesmas peças com as quais havia chegado para assistir a aula.
Ainda de acordo com o professor, os alunos e docentes do curso de artes visuais tratam a nudez com mais “naturalidade”. Juliano leciona há setes anos na UFG.

Da redação com Caldeirão do Paulão – Título: Amorim Sangue Novo